O que é a Ludoterapia e sua importância na psicologia infantil

Crianças com transtornos psicológicos variados, tanto em tipo quanto intensidade, podem ser mais difíceis de serem avaliadas e tratadas por terapeutas, precisando de um cuidado efetivo e mais prático do que as técnicas tradicionais em adultos.

Partindo da ideia que toda criança precisa brincar, é que a psicoterapia desenvolveu a Ludoterapia, técnica que visa tratar crianças com transtornos psicológicos através de brinquedos e brincadeiras.

Mas como funciona essa técnica? Quais seus benefícios e como esse processo terapêutico influencia positivamente na vida escolar dessas crianças? Confira agora neste artigo.

Ludoterapia- O que é

O ato de brincar e explorar é natural das crianças e a Ludoterapia visa se focar nisso para conseguir interagir com as crianças e deixar que ela se expresse, seja quem ela realmente é.

Ao contrário dos adultos que conseguem se expressar através do diálogo, as crianças geralmente são mais inquietas, curiosas e dependendo do tipo de transtorno psicológico, podem ser mais arredias, tendo que partir do terapeuta, medidas para contornar essas barreiras.

Através de brinquedos e brincadeiras propostas pelo terapeuta, seguindo a faixa etária da criança e seu interesse, o profissional poderá analisar como ela se comporta em meio aos brinquedos e brincadeiras, além de interagir ou somente em silêncio, observar a forma como a criança reage aos questionamentos e suas respostas verbais e não verbalizadas.

Indicação da Ludoterapia

O atendimento para Ludoterapia pode ser feita em grupo ou individual e a faixa etária vai de 3 até 12 anos. A participação dos pais ou responsáveis também é sempre importante para que o tratamento tenha sucesso.

O tratamento pode ser longo ou curto, dependendo da evolução da criança e dos aspectos de gravidade de seu transtorno e traumas. Através da Ludoterapia, a criança aprende a encarar seus medos e enfrentá-los, primeiro como algo fantasioso e depois na realidade.

Os benefícios da Ludoterapia

São muitos os benefícios da Ludoterapia para o desenvolvimento saudável e corretivo de transtornos e traumas infantis, tais como:

Atividades lúdicas proporcionam a resiliência, ou seja, a criança aprende a ser otimista, a acreditar que tudo pode ser reinventado, consertado e dar certo;

As brincadeiras e brinquedos inserem a criança na sociedade conforme sua cultura, fazendo com que ela se sinta parte do mundo e que tem importância;

O brinquedo e brincadeiras reduzem agressividade em crianças que passaram por violência;

Jogos que sejam coletivos e que a criança pode jogar com os pais auxilia na conexão deles, principalmente em situações de mal relacionamento e rompimentos.

A Ludoterapia faz com que a criança se sinta mais a vontade em falar o que está reprimindo, alguma situação traumática ou tratar transtornos como autismo por exemplo.

Contando histórias

A Ludoterapia também se foca no ato de contar histórias e deixar que a criança crie suas histórias, ideias e desenhos, uma das formas mais eficazes de descobrir abusos por exemplo.

Através das histórias, a criança pode verbalizar ou desenhar e encenar com brinquedos, fatos fantasiosos e nelas simbolizar situações reais que possam ser a causa de um transtorno ou apatia. Dessa forma, a criança consegue de forma corajosa e com confiança, exemplificar o que sente e passou para que o terapeuta trate da melhor maneira.

Aprenda mais sobre Ludoterapia

Você profissional em psicoterapia e precisa de um up em seus estudos com transtornos infantis, a Ludoterapia é um dos conhecimentos que não podem faltar no seu currículo. Aprenda mais com um curso gratuito de Ludoterapia  e garanta sua qualificação com certificado reconhecido em todo Brasil.